Velhice! A fase outonal da vida

Até à vossa velhice, eu serei o mesmo e, ainda até às cãs,eu vos carregarei; já o tenho feito; levar-vos-ei, pois, carregar-vos-ei e vos salvarei (Is 46.4).

A velhice não é um mal, mas uma recompensa. A
medicina faz pesquisas científicas constantemente
para aumentar nossa expectativa de vida. Como tenho ficado em casa esses dias tenho percebido nos canais de televisão medicamentos para a pele como por exemplo: ” CICATRICURE GEL” ÔMEGA 3 dentre outros.

A longevidade é um alvo a ser perseguido. Porém,
muitas pessoas envelhecem com amargura, enquanto outras atingem a fase outonal da vida em ditosa velhice.

O tempo é implacável e esculpe em nossa face
rugas indisfarçáveis. Cada fio de cabelo branco que
brota em nossa cabeça é a morte nos chamando para um duelo (Hernandes dias Lopes)

Os anos pesam sobre nós como chumbo,
deixando nossas pernas bambas, nossos braços fracos e nossos olhos embaçados. A velhice é uma realidade incontornável.

Mais cedo ou mais tarde, estaremos frente a frente com ela, a não ser que a morte nos visite precocemente (Eu prefiro a velhice, e você?)

Muitas pessoas amargam na velhice uma dolorosa solidão. Outras, porém, se tornam doces e sábias, fazendo dessa fase outonal da vida os anos dourados e mais extraordinários da caminhada.

Os velhos podem ser cheios do Espírito e nutrir na alma grandes sonhos. Podem olhar para
frente e ter projetos, em vez de celebrar apenas as
conquistas do passado.

Podem influenciar a nova geração, em vez de apenas enaltecer o passado. A velhice é um privilégio, uma bênção, uma dádiva de Deus.

Devemos desejá-la e recebê-la com gratidão.

Veja mais devocionais

Não Cesse seu Clamor

“Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele

Compartilhe este devocional

“Então, conheçamos e prossigamos em conhecer ao  Senhor” Oséias 6:3