A palavra do Senhor veio a Jonas, filho de Amitai com esta ordem:


“Vá depressa à grande cidade de Nínive e pregue contra ela, porque a sua maldade subiu até a minha presença”.
Mas Jonas fugiu da presença do Senhor, dirigindo-se para Társis. Desceu à cidade de Jope, onde encontrou um navio que se destinava àquele porto. Depois de pagar a passagem, embarcou para Társis, para fugir do Senhor.
O Senhor, porém, fez soprar um forte vento sobre o mar, e caiu uma tempestade tão violenta que o barco ameaçava arrebentar-se.


Todos os marinheiros ficaram com medo e cada um clamava ao seu próprio deus. E atiraram as cargas ao mar para tornar mais leve o navio. Enquanto isso, Jonas, que tinha descido para o porão e se deitado, dormia profundamente.
O capitão dirigiu-se a ele e disse: “Como você pode ficar aí dormindo? Levante-se e clame ao seu deus! Talvez ele tenha piedade de nós e não morramos”.


Então os marinheiros combinaram entre si: “Vamos tirar sortes para descobrir quem é o responsável por esta desgraça que se abateu sobre nós”. Tiraram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas.
Por isso lhe perguntaram: “Diga-nos, quem é o responsável por esta calamidade? Qual é a sua profissão? De onde você vem? Qual é a sua terra? A que povo você pertence? “


Ele respondeu: “Eu sou hebreu, adorador do Senhor, o Deus dos céus, que fez o mar e a terra”.
Com isso eles ficaram apavorados e perguntaram: “O que foi que você fez? “, pois sabiam que Jonas estava fugindo do Senhor, porque ele já lhes tinha dito.


Visto que o mar estava cada vez mais agitado, eles lhe perguntaram: “O que devemos fazer com você, para que o mar se acalme? “
Respondeu ele: “Peguem-me e joguem-me ao mar, e ele se acalmará. Pois eu sei que é por minha causa que esta violenta tempestade caiu sobre vocês”.
Jonas 1:1-12

Nessa quinta feira dia 16 Setembro, estávamos na casa do Marcos, aqui na nossa cidade em um culto que fizemos ao Senhor.
E, compartilhei essa palavra com meus irmãos.
Jonas, como todos conhecem, tentou fugir de Deus, após ter recebido uma ordem de ir a uma cidade e anunciar o seu descontentamento referente a maldade do povo. (Jn 1:2).
Ele decide seguir seu próprio caminho.

Todos nós também desobedecemos ao Senhor o tempo todo, descumprindo uma ordem dada a todos nós, e você que lê essas palavras também o desobedece… Jesus, nos surpreende ao ordenar que fôssemos por todo o mundo e pregássemos o evangelho a toda criatura. Nós também assim como Jonas, nós levantamos Mas… Para seguimos o sentido oposto… Pagamos nossa passagem e embarcamos em uma vida de pecados, certamente é uma viagem arriscada.

Pecamos contra um Deus Eterno. Assim que Jonas embarca para Társis o Senhor lança sobre o mar uma tempestade tão violenta que parecia que o barco iria se despedaçar (Jn 1:4)
As vezes situações que temos enfrentado pode ser resultado de uma decisão errada que fizemos.

Todos estavam preocupados e com medo, e tiveram a percepção de que aquela tempestade só poderia ser o desagrado de Deus sobre alguém, e enquanto discutiam Jonas estava no porão dormindo profundamente… (Jn 1:5).
Cuidado com as pessoas que você tem trazido pra sua vida…Pessoas embarcam na sua vida de forma aparentemente inofensiva (Pagando a passagem Jn 1:3b) e traz confusão pra sua família. Abra o olho… Tenha percepção.

Após Jonas assumir perante todos que fugia do Senhor, pediu que o lançassem ao mar, e o restante da palavra você já sabe o que aconteceu.

Quero aqui deixar essa palavra ao seu coração:

Primeiro… Não fuja de Deus, cumpra o seu propósito nessa terra, Segundo, cuidado com quem você coloca no seu barco (vida), e terceiro, jogue no mar o intruso, jogue no mar o seu passado, o seu velho homem ou mulher caído, não permita que te lembrem daquilo que você jogou fora da sua vida! Você pode até lembrar, mas tenha a certeza de que realmente ficou no mar (passado).


Siga em frente, Jesus te ama.

Veja mais devocionais

Não Cesse seu Clamor

“Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele

Compartilhe este devocional

“Então, conheçamos e prossigamos em conhecer ao  Senhor” Oséias 6:3