O Fruto do Espírito


Durante nossa caminhada com Deus, muitas das vezes parece impossível lutar contra nossos desejos pecaminosos, pois eles se tornam tão normais aos nossos olhos que não conseguimos perceber quão graves eles são. E, quando nos tornamos conscientes disso, achamos que mudar e viver de forma diferente é algo fora do nosso alcance. Porém, precisamos ter duas coisas em mente:

1- Jesus Cristo já nos libertou da escravidão do pecado na cruz!

“Mas agora que vocês foram libertados do pecado e se tornaram escravos de Deus o fruto que colhem leva à santidade, e o seu fim é a vida eterna.” (Romanos 6:22)

2- Nós temos o Espírito Santo. Se você crê em Jesus, o Espírito Santo está com você. Ele é aquele que nos faz ter consciência do nosso pecado e nos gera arrependimento. É ele também que nos capacita a lutar contra a carne.
No capítulo 5 da carta de Paulo aos Gálatas, a partir do versículo 16, o apóstolo nos apresenta este conflito da vida cristã: a guerra entre os desejos da carne e os do Espírito.
“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Gálatas 5:22‭-‬23)
Perceba: o versículo diz sobre “O fruto do Espírito”, no singular, e não no plural. Isso significa que nós, tendo o Espírito Santo, somos capacitados a praticar todas as coisas listadas acima, e não apenas algumas delas.
Durante a semana, iremos falar separadamente sobre cada uma! Hoje, peça ao Espírito Santo para mostrar quem você tem deixado vencer nessa guerra, e peça também forças para lutar todos os dias contra o pecado, para que o nome de Jesus seja glorificado através da sua vida.

Paz seja com você!

Veja mais devocionais

Não Cesse seu Clamor

“Confiem nele em todos os momentos, ó povo; derramem diante dele o coração, pois ele

Compartilhe este devocional

“Então, conheçamos e prossigamos em conhecer ao  Senhor” Oséias 6:3